Política

PF conclui que aúdio da conversa entre Temer e Joesley não sofreu edição

O laudo da perícia da Polícia Federal que analisou as gravações da conversa entre o empresário Joesley Batista, dono da empresa JBS, e o presidente Michel Temer e os gravadores usados pelo empresário aponta que não houve edição de conteúdo, ou seja, não houve manipulação nos diálogos. A informação foi confirmada por duas fontes envolvidas na investigação. Investigadores afirmam que os peritos encontraram pontos de descontinuidades técnicas, ou seja, variações

Maioria do STF confirma validade das delações da JBS

Com o voto do ministro Dias Toffoli, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) alcançou maioria de 6 votos a zero em favor da validade dos acordos de delação premiada da empresa JBS, homologados em maio pelo ministro Edson Fachin, bem como da manutenção dele como relator do caso. Restam os votos de cinco ministros. O plenário, em sua maioria, entendeu que a validade legal de qualquer acordo de delação

Governo federal perde primeira batalha em comissão do Senado

Por 10 votos favoráveis e 9 contrários, o projeto de lei da reforma trabalhista foi rejeitado ontem pela CAS (Comissão de Assuntos Sociais) do Senado. Após conseguir aprovação do relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos), o governo sofreu sua primeira derrota no embate –um dia após o presidente Michel Temer (PMDB-SP), que responde a inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal), ter viajado para a

Incerteza com André e Simone pode levar PMDB a compor chapa

Há pouco mais de uma semana do “dia D” para a definição de candidatura à sucessão ao governo do Estado, o PMDB enfrenta um inferno astral e, cercado de incertezas e denúncias, vai protelar a decisão por tempo indeterminado. O ex-governador –e uma das maiores lideranças do partido–André Puccinelli (PMDB) havia pedido prazo até o dia 1º de julho para confirmar se disputaria ou não a vaga majoritária em 2018.

Michel Temer quer processar empresário Joesley Batista

Advogado do PMDB, Renato Oliveira Ramos protocolou ontem duas ações, civil e penal, contra o empresário Joesley Batista, da JBS. O presidente Michel Temer vai acioná-lo por danos morais e crimes contra a honra –calúnia, difamação e injúria– e pretende indicar uma instituição de caridade para doar o valor da indenização, caso vença os processos na Justiça. A defesa do presidente não pediu um valor de indenização específico, mas caso

PF diz que evidências indicam ‘com vigor’ que Temer praticou corrupção

Em relatório entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal afirma que as evidências colhidas na investigação indicam “com vigor” que o presidente Michel Temer cometeu o crime de corrupção passiva. No documento, enviado ao STF nesta segunda-feira (19) e tornado público nesta terça, a PF afirma que o presidente aceitou pagamentos de vantagens indevidas do grupo J&f por intermédio do ex-assessor e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) (leia

Brasil ficará melhor após a Lava Jato, afirma ministro

O país ficará melhor após a Operação Lava Jato, no que se refere ao combate à corrupção. A opinião é do ministro interino da Transparência e Controladoria-Geral da União, Wagner de Campos Rosário. Ele participou, nessa quarta-feira (14), do seminário Abordagem sobre o combate a Corrupção no Brasil – Os Órgãos de Controle, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Rio de Janeiro. “Eu acho que o

Organização Internacional do Trabalho nega apoio à reforma

Representantes da OIT  (Organização Internacional do Trabalho) no Brasil consideraram indevida a postura de parlamentares governistas que divulgaram a versão de que a instituição apoia o projeto de lei de reforma trabalhista em votação no Senado. Por meio de nota oficial, a OIT diz que o objetivo das Convenções 98, 151 e 154 da entidade é a promoção da negociação coletiva para tornar as condições de trabalho mais favoráveis, resguardados

Cunha diz à PF que seu silêncio nunca esteve à venda e que Temer não o procurou

O ex-presidente da Câmara deputado cassado Eduardo Cunha disse hoje (14), em depoimento à Polícia Federal (PF), que o seu silêncio “nunca esteve à venda”, em referência à denúncia feita por Joesley Batista em acordo de delação premiado assinada com a força-tarefa da Operação Lava Jato. O peemedebista depôs nesta quarta-feira, em Curitiba, no inquérito que investiga o presidente da República Michel Temer. Na saída da sede da PF na

Loures é transferido de volta para carceragem da PF em Brasília

O ex-deputado Rocha Loures, ex-assessor do presidente Michel Temer, foi transferido nesta quarta-feira (14) do presídio da Papuda para o prédio da superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Preso na Penitenciária da Papuda desde o último dia 7, Rocha Loures pediu para voltar à carceragem da PF, onde estava inicialmente preso, alegando risco de vida se ficasse no presídio. Nesta terça-feira (13), o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação