Política

Mudanças anunciadas por Michel Temer fazem MS rever sua proposta

A retirada de servidores públicos estaduais e municipais da proposta de reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional, anunciada pela Presidência da República na noite de terça-feira (21), repercutiu em Mato Grosso do Sul, onde o funcionalismo público estadual anda assustado com a possibilidade de perda de direitos com as mudanças que devem ser encaminhadas pelo governo Reinaldo Azambuja à Assembleia, nas próximas semanas. O recuo de Temer –que

Relator aposta na lista fechada e em um fundo eleitoral público

O relator da reforma política na Câmara dos Deputados, Vicente Cândido (PT-SP) apresenta seu relatório no início do mês. Ontem, ele adiantou os principais pontos do texto. O principal eixo será a lista fechada como sistema eleitoral em 2018 e 2022. A partir de 2026, haveria o sistema distrital misto, no qual as cadeiras da Câmara seriam preenchidas pela lista fechada (50%) e por candidatos isolados eleitos por região (50%).

Moro decide não investigar blogueiro que vazou notícia sobre Lula

O juiz federal Sérgio Moro voltou atrás hoje (23) e determinou a exclusão do processo de todas as provas relacionadas ao blogueiro Eduardo Guimarães, responsável pelo Blog da Cidadania, que foi levado coercitivamente pela Polícia Federal (PF) para depor na última terça-feira (21). Moro argumentou que o fato de uma pessoa manter um blog não faz dela um jornalista, no entanto disse saber que a profissão pode ser exercida sem

Receio de mudanças aumenta em 47% pedidos de aposentadorias

O medo de perder direitos trabalhistas com a proposta de reforma previdenciária que o governo do Estado deve apresentar até abril fez com que o número de pedidos de aposentadoria no Estado aumentasse em 47%. Segundo números da Ageprev (Agência de Previdência Social de Mato Grosso do Sul) , a média mensal de pedidos em 2017, se comparada ao mesmo período do ano passado, aumentou quase 50%. Servidores afirmam que

Alexandre de Moraes toma posse e assume vaga de Teori no STF

O ex-ministro da Justiça Alexandre de Moraes, 48 anos, assumiu nesta quarta-feira (22) a cadeira de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF). O antigo relator da Lava Jato morreu em um acidente aéreo há dois meses no litoral do Rio de Janeiro. A solenidade de posse, que durou menos de 15 minutos, reuniu no STF as mais altas autoridades do país, entre as quais o presidente Michel Temer e

Kátia Abreu: ‘Serraglio tentou preservar chefe da quadrilha’

A senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) disse ontem que dois deputados peemedebistas da bancada do Paraná a pressionaram, à época que ocupava o cargo de ministra da Agricultura, para que o superintendente da pasta no Estado, Daniel Gonçalves Filho, apresentado pela Polícia Federal como o líder da organização criminosa investigada pela Operação Carne Fraca, fosse nomeado para assumir a posição. Apesar de não ter mencionado no discurso o nome do então

Temer diz que governo está aberto para negociar reforma da Previdência

O presidente Michel Temer disse hoje (17) que o governo está aberto para negociar mudanças na reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional. “Nós achamos que a proposta ideal, a necessária para colocar o país nos trilhos de uma vez, é aquela que o Executivo mandou. Se houver necessidade de conversações, nós não estamos negando qualquer espécie de conversação. O que não podemos é quebrar a espinha dorsal da

Carlos Marun é alvo de moção de repúdio da Câmara Municipal

O deputado Carlos Marun (PMDB), presidente da comissão que debate a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, vive um inferno astral. Diante da impopularidade da proposta do governo federal –que estabelece idade mínima de 65 anos para aposentadoria de homens e mulheres, e obriga o trabalhador a contribuir por 49 anos para ter acesso a 100% do benefício–, ele tem se posicionado com veemência como escudeiro do presidente Michel

Pressionados, políticos retomam discurso de mudanças nas regras

Pressionado pelas delações da Odebrecht, que devem expor um imenso esquema de corrupção e financiamento ilegal de campanha, o governo Michel Temer (PMDB) se mobiliza para iniciar discussões sobre uma reforma eleitoral como parte da reforma política. Formatada pelo próprio Temer, com as companhias dos presidentes do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes; do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE); e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); a ideia seria reestruturar o número de

Dívida ativa da Previdência cresce 15% ao ano, diz procuradora

A procuradora da Fazenda Anelise Lenzi, diretora do Departamento de Gestão da Dívida Ativa da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), informou hoje (16) que os débitos previdenciários inscritos em dívida ativa, atualmente em R$ 452 bilhões, crescem a uma taxa média de 15% ao ano. Anelise participa de audiência pública na comissão especial da Câmara dos Deputados que debate a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da