Rodrigo Caio, de 23 anos, é considerado titular absoluto da equipe de Rogério Ceni e já teve passagem pela seleção (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Rodrigo Caio, de 23 anos, é considerado titular absoluto da equipe de Rogério Ceni e já teve passagem pela seleção (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Depois de uma demora nas negociações, o São Paulo acertou ontem (27) a renovação do contrato do zagueiro Rodrigo Caio. O novo vínculo terá duração até 2021 –o clube já anunciou o acordo em seu Twitter.

O São Paulo tentava a renovação desde o ano passado, mas esbarrava em alguns pedidos do estafe do atleta. A principal deles era a equiparação salarial do zagueiro a outros líderes do elenco, e a reforços que chegaram para esta temporada.

Titular absoluto, Rodrigo receberá considerável aumento salarial e também em sua multa rescisória –o zagueiro é alvo constante de interesse europeu, e por pouco não deixou o São Paulo já em duas ocasiões.

O São Paulo deu pistas do acordo em redes sociais, e brincou “convidando” o zagueiro a assinar “uma parada importante”.

São Paulo deve decidir liderança do grupo sem Cueva, Pratto e Buffarini

Mais uma vez, o São Paulo deve ser prejudicado pela não paralisação do Campeonato Paulista durante a data Fifa.

Na dependência de uma vitória sobre o São Bernardo amanhã (29), às 20h45 (de MS) –e um tropeço do Linense diante do Corinthians–, para liderar o grupo B e ter a vantagem do mando de campo nas quartas de final, a equipe de Rogério Ceni precisará enfrentar novamente os desfalques.

A partida em São Bernardo está agendada para o estádio Primeiro de Maio. Um dia antes, Cueva, Lucas Pratto e Buffarini ainda estarão com as respectivas seleções, em compromissos importantes pelas eliminatórias para a Copa do Mundo.

Camisa 10 e titular absoluto da seleção peruana, Cueva entra em campo com os compatriotas hoje, às 22h45, para encarar o vice-líder Uruguai, em Lima.

O meia deve chegar a São Paulo somente horas antes do compromisso no ABC e sob a fadiga de uma longa viagem –pelo menos 4h em média.

Já Buffarini e Pratto se encontram com a seleção argentina na altitude de 3.600 metros de La Paz. Também hoje, mas às 16h, a equipe alviceleste encara a Bolívia.

Os são-paulinos devem ser opções no banco de reservas de Edgardo Bauza, o que poderá aliviar a condição física da dupla antes da viagem de pelo menos 3h até a capital paulista.

“O Cueva deve jogar [pelo Peru]. Voo de Lima para cá. Se ele jogar, muito risco para trazer. E o Pratto e Buffarini jogam em La Paz, cinco horas daqui.

Não sei se vão jogar”, despistou Rogério Ceni, que já adotou um discurso conformista depois do empate por 1 a 1 com o Corinthians, no domingo. São Paulo e Linense somam 19 pontos depois de 11 partidas na fase de classificação do Paulistão. A equipe do interior do Estado leva vantagem pelo critério de vitórias conquistadas –5 contra 4.

Dessa forma, a equipe de Ceni precisa superar o rival na pontuação para jogar no Morumbi o duelo da volta nas quartas de final.